Reflexões

Ainda devemos fazer penitência?

A mortificação é uma antiga prática da vida espiritual cristã; em tempos recentes, porém, ela perdeu espaço na vida de muitos católicos. Por isso, decidi escrever estas linhas para defender que nós realmente precisamos voltar à prática das mortificações regulares e significativas. Em primeiro lugar, a mortificação tem base bíblica. De acordo com o segundo livro de Samuel, os servos de Davi sofreram voluntariamente certa humilhação antes de serem reconhecidos pelo novo rei dos amonitas. Davi, talvez por conta do choque, concordou com a humilhação, dizendo-lhes para permanecerem na cidade até que suas barbas crescessem (cf. 2Sm 10, 1-5).

Livros e Filmes

São Maximo, o Confessor

A vida da Virgem

Add a strong one liner supporting the heading above and giving users a reason to click on the button below.

Artigos
Notícias
mariana

Ordenação Diaconal de Guilherme dos Santos Durães

Nesse último 13 de maio, memória da Virgem Maria sob o título de Fátima, a quem a Comunidade Católica Palavra Viva é consagrada além da graça de celebrar e render graças por sua maternal proteção e intercessão por nós, recebemos um grande presente da Mãe: celebrar a ordenação diaconal de mais um filho do carisma Palavra Viva – Guilherme dos Santos Durães.

Leia mais »
Notícias
mauroccpv

Ordenação Diaconal de Renato Muniz da Silva

O carisma Palavra Viva tem em sua base a formação permanente em busca do crescimento humano, cultural, intelectual e espiritual, sempre com o intuito de fazer resplendecer no mundo a Verdade Suprema, o próprio Jesus. Para tanto, a Comunidade Católica Palavra Viva conta com um centro de estudos para as as consagradas da comunidade em Roma, que recebem formação filosófico-teológica na Pontifícia Universidade Lateranense (PUL), a honrosa “Universidade do Papa”.

Leia mais »
Cultura e Sociedade

Ainda devemos fazer penitência?

A mortificação é uma antiga prática da vida espiritual cristã; em tempos recentes, porém, ela perdeu espaço na vida de muitos católicos. Por isso, decidi escrever estas linhas para defender que nós realmente precisamos voltar à prática das mortificações regulares e significativas. Em primeiro lugar, a mortificação tem base bíblica. De acordo com o segundo livro de Samuel, os servos de Davi sofreram voluntariamente certa humilhação antes de serem reconhecidos pelo novo rei dos amonitas. Davi, talvez por conta do choque, concordou com a humilhação, dizendo-lhes para permanecerem na cidade até que suas barbas crescessem (cf. 2Sm 10, 1-5).

Formação
Testemunhos